Dia Nacional do Combate ao Bullying e à Violência na Escola

O dia 7 de abril é marcado como o Dia Nacional do Combate ao Bullying e à Violência na Escola. Para não deixarmos esta importante data passar em branco, realizamos inúmeras intervenções com as turmas do Colégio, da Educação Infantil ao Ensino Médio.

Nosso objetivo foi promover um trabalho preventivo, desenvolvendo a consciência dos estudantes sobre a importância dos valores para vida social, como empatia, respeito, colaboração e justiça. Adaptando as linguagens, todos os estudantes obtiveram informações necessárias para esse combate diário.

As famílias do G2 ao G5 foram convidadas a realizarem leituras mediadas de livros socioemocionais, justamente para valorizar a parceria entre escola e comunidade escolar. A leitura com familiares é importante para o desenvolvimento afetivo e cognitivo da criança.

As turmas do 1º, 2º e 3º ano do Fundamental I assistiram ao curta metragem “Leonel Pé-de-Vento” e depois realizaram uma atividade artística no Ateliê, relacionada aos sentimentos de felicidade, alegria, amor e amizade.

As turmas do 4º e 5º ano assistiram a um trecho do filme “O Extraordinário” e realizaram uma atividade de reflexão sobre o personagem principal e as emoções experimentadas por ele.

O 6º ano trabalhou e refletiu sobre a questão das relações nocivas, ou seja, o bullying que se desenvolve na relação com os demais colegas. A partir da interpretação de texto, aprenderam como desenvolver relações mais saudáveis.

Já os grupos do 7º ano se debruçaram propriamente sobre a luta contra o bullying na esfera jurídica, conhecendo a legislação também através de interpretações de texto.

Os estudantes do 8º ano à 3ª série do Ensino Médio fizeram a atividade “Post-it dos Elogios”. Primeiro, tiveram que escrever elogios para si mesmo e depois cada um escreveu mais quatro elogios para quatro colegas da turma. Além disso, leram a cartilha #FikDik, material divulgado pelo Facebook contra o Bullying e produziram charges e histórias em quadrinhos de conscientização.

Bullying – Aqui no Elvira, não!

O bullying pode acontecer de várias formas: falar coisas maldosas, espalhar rumores, publicar uma foto ou vídeo inadequado, não deixar alguém em paz ou fazer comentários ameaçadores. É caracterizado pela frequência das ações e pelo impacto emocional.

Muitos confundem bullying com brincadeiras, porém, é necessário deixar clara a diferença: brincadeira é quando todos se divertem. E o bullying não é diversão.

Se alguma criança apresentar sinais de apatia, desânimo, falta de contato com os amigos, intimidação, tristeza ou angústias recorrentes, é hora de agir!

Somos todos responsáveis pelo desempenho emocional positivo de nossas crianças. Temos sempre que procurar entender a situação e garantir que a criança esteja confortável e confiante para se expressar. É uma carga muito pesada para que carreguem sozinhos!

Elvira Infantil, Ensino Médio, Fundamental I, Fundamental II , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X