Como chegar no Colégio Elvira Brandão

Localização do Colégio Elvira Brandão

Rua Luiz Seraphico Jr, 158
São Paulo – SP CEP: 04729080
11 5645-4900

 

 

Essa é a história do Elvira Brandão: Elvira Sabino nasceu em 1879. Casou-se cedo, tornando-se Elvira Sabino Brandão. Foi excelente aluna e formou-se professora, lecionando na Escola Modelo São José, que funcionava no bairro da Bela Vista, na capital paulista.

Sua especialidade era a Matemática e o sucesso das aulas particulares que ministrava em sua própria casa criou um movimento entre as famílias paulistanas, para que expandisse suas atividades. Para isso, aproveitou o porão habitável – como se chamava na época, 1904 – em que morava, na Rua Major Sertório, em São Paulo, para preparar, em todas as matérias necessárias, pequenas turmas de candidatas ao concorrido concurso da Escola Normal Caetano de Campos.

Esse “cursinho da D. Elvira Brandão”, talvez o precursor de tantos outros cursos preparatórios que viriam a surgir décadas mais tarde, foi o embrião de uma iniciativa educacional indelevelmente ligada à história da cidade de São Paulo. Sempre estimulada pelas famílias a quem atendia, iniciou uma atividade de alfabetização de crianças, logo seguida pela  continuidade do curso.  À medida que foi progredindo, ocupou outros prédios adaptados (Largo do Arouche e Alameda Santos) até a construção da sede na Alameda Jaú, onde funcionou de janeiro de 1930 a fevereiro de 1973, quando passou a ocupar a atual sede, na Chácara Santo Antônio.

O Colégio atraía uma clientela exigente e “aberta”, adquirindo rapidamente a fama de escola forte e eficiente, voltada para o ensino e a disciplina. Além de atrair as famílias da elite paulistana, atraiu também famílias de imigrantes, judeus e árabes, que desejavam uma formação progressista e buscavam no estudo e no trabalho uma forma de ascensão social. Uma clientela eclética, de perfil bastante democrático para a época e que representou o sucesso do colégio, assim como o sucesso de muitos de seus ex-alunos que hoje ocupam posição de destaque como empresários, profissionais liberais, funcionários graduados e artistas.

A mudança para a Chácara Santo Antônio acompanhou o fluxo das famílias que deixavam o centro em direção aos bairros mais distantes. Nessa época, inovações pedagógicas foram introduzidas e outras disciplinas acrescentadas, como arte e música.

O antigo comprometimento com o saber e o conhecimento, presente nas aulas particulares de D. Elvira, permanece o mesmo, tendo, porém, acompanhado o desenvolvimento da sociedade e da pedagogia, privilegiando a formação do aluno em sua totalidade, desenvolvendo sua autonomia e o espírito da cidadania.

Com mais de um século de existência, o Colégio Elvira Brandão orgulha-se de estar há quatro gerações sob a responsabilidade da mesma família de educadores. Seus atuais mantenedores são bisnetos da fundadora.