Área Restrita 2015

INFORMATIVOS

Acontece

Tudo o que acontece no Elvira

O Elvira valoriza a aquisição do conhecimento através de uma diversidade de situações, desafios e interações.

Educação Infantil
Como é o processo de adaptação no Ensino Infantil do Elvira?
Como é o processo de adaptação no Ensino Infantil do Elvira? #1

Como é o processo de adaptação no Ensino Infantil do Elvira?

O primeiro dia de aula é um momento marcante para toda família: as crianças saem da zona de conforto do ambiente familiar para um espaço coletivo, com novas pessoas e regras; já as famílias, ficam ansiosas e apreensivas sobre como os filhos vão reagir nessas horas longe de casa. Por isso, é muito importante conhecer o processo de adaptação da escola para que essa etapa seja vivenciada de uma forma bem tranquila.

Aqui no Elvira, a psicóloga e gestora pedagógica Vânia Grecco explica que, para a adaptação acontecer da melhor forma possível, há uma imersão gradual no ambiente escolar. “Até o terceiro dia é feita somente a adaptação das crianças que já estavam no Colégio e, nos dias seguintes, começa a recepção gradativa dos novos estudantes. No primeiro dia dessa nova criança, ela fica por 2 horas no Colégio, depois, no dia seguinte, ela permanece por 3 horas e o tempo vai aumentando aos poucos, até que na semana seguinte o ciclo se repita até ela se sentir confortável em ficar o horário completo”.

Há também um cuidado muito grande não só com as crianças, mas com os membros das famílias, como pais e mães. Nesse processo de acolhimento, nos 3 primeiros dias, a presença dos pais é solicitada na sala de aula para auxiliar os filhos na transição, o que acaba servindo para que esses pais conheçam a profissional que vai cuidar do filho e criem um vínculo de confiança com ela.

Com o intuito de manter o andamento harmônico nas próximas transições, são aplicadas atividades interseriadas ao longo do ano. Nelas, os estudantes interagem com novas professoras e outras turmas - ampliando o ciclo de amizades. Assim, essas pessoas já não são mais estranhas, e as crianças se sentem confortáveis e confiantes quando mudam de série.